Quinta-feira, 6 de Setembro de 2007
Porque eu sou...

      

 

      Este é um fragmento dum dos textos da biblioteca de Nag Hammadi, um manuscrito encontrado numa pequena cidade egípcia com esse nome no ano de 1945.

       Acho fantástica a dualidade do texto, afinal são essas contradições dentro das próprias pessoas que lhe conferem alguma humanidade. Não direi ‘quem nunca errou que atire a primeira pedra’, isso sim seria errado... mas quem nunca se sentiu paradoxal, confuso, incoerente pode fazê-lo, os restantes certamente que segiurá o exemplo.

 

Porque eu sou a triste e a sorridente...

Eu sou a indecisa e a convicta...

Eu sou a monótona e a inconstante...

Eu sou a ignorante e a letrada...

Eu sou a faladora e a que fica sem palavras...

Eu sou a pessimista e a que não desiste...

Eu sou a conformada e a esperançosa...

Eu sou a sem tempo e a disponível...

Eu sou a inocente e a perversa...

Eu sou a criança que anseia crescer e a mulher que chora a idade...

 

Respeitem-me, Desprezem-me,

Estimem-me, Maltratem-me

Amem-me, Odeiem-me,

Porque sou eu, sempre... mesmo quando faço por o não ser.

 

By Sophia

 

 

 


sintomo-nos: as prostitutas e as santas
música: Man I feel like a Woman - Shania Twain

publicado por **** às 09:46
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De Ana M. a 6 de Setembro de 2007 às 19:21
PEGA!! dsd kd nos sentimos "prostitutas e santas" ?!! olha k tu... lol ta excelente o poema
nao sei onde vais encontrar tais coisas mas este é sem dúvida alguma um dos meus posts favoritos... keep going :D


De Sophia (do Flip Side) a 6 de Setembro de 2007 às 20:36
Os versos que puz na imagem tirei dum livro, chama-se "O Pêndulo de Foulcalt" e é do Humberto Eco, ele citou no livro e eu fiz uma pequisa.
O poema que está escrito em baixo, se é que se pode considerar poema, é da minha autoria...

Pois sentimo-nos "prostitutas e santas", se bem que cada uma nas devidas proporções. Desculpa se não te identificas muito com a parte da santa!

Inda bem que gostaste... também adorei, era mais longo mas não me identifiquei tanto com o resto...



Comentar post

.mais sobre nós
.Tempus Fugit...
Fugit irreparabile tempus! Sophia
.Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.There's always something left to be said...
Sophia
.posts recentes

. Is it Still "The Beginnin...

. O tango Inacabado - IV

. O tango Inacabado - III

. O tango Inacabado - II

. O tango Inacabado - I

. in 6 words...

. Antiquitera (XIV) - Epílo...

. Antiquitera (XIII)

. Antiquitera (XII)

. Antiquitera (XI)

. Antiquitera (X)

. Antiquitera (IX)

. Antiquitera (VIII)

. Antiquitera (VII)

. Antiquitera (VI)

. Antiquitera (V)

. Antiquitera (IV)

. Antiquitera (III)

. Antiquitera (II)

. Livro Ilegível

.arquivos

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.count
atlanta listings
.pesquisar
 
.Faz-nos Pensar...
Citação: "Love all, trust a few." Autor: William Shakespeare Citação: Judge your success by what you had to give up in order to get it. Autor: H. Jackson Brown, Jr. Citação: Keep your friends close and your enemies closer. Autor: Attributed to Sun Tzu,
.links
.subscrever feeds