Sábado, 26 de Janeiro de 2008
Uma Carta, Uma Sentença

Faz meses que recebi uma carta,
Sem remetente,
Sem destinatário.
Senti que a carta era destinada a mim e recusei-me a abri-la .

 

Guardei-a numa gaveta,
Mas no fundo
Sabia,
Sempre soube que a teria que abrir.

 

Os dias passaram-se e fiz por esquecê-la.
Talvez a esperança me tenha cegado,
Talvez quisesse evitar a dor.
Quanto mais tarde pior e agora estou a pagar por isso.

 

Ontem abri a carta,
Simplesmente vazia,
A carta, para meu espanto (ou talvez não), estava em branco.
Um vazio invadiu o meu peito e tudo à minha volta desapareceu.

 

Olhei-a durante infinitos minutos e,
A pouco e pouco,
As letras começaram a surgir,
Não consegui evitar,
Juro que não.

 

Guardei-a algures em mim,
Junto do coração.
O mal já estava feito, a carta havia sido lida.

 

Frente a frente,
Olhos nos olhos.
Não consigo evitar, acredita.
Salgada a água que invade os meus olhos e me turva a visão.

 

Podia ter sido outra pessoa para ti,
Poderia ter evitado muitas coisas,
Podia ter-te dado toda a atenção que merecias
E corresponder todo o afecto que me fornecias.

 

Sem ti jamais teria sido capaz,
Sempre estiveste por perto quando mais precisei,
Foste aquele a quem abracei sem pudor.
Contigo chorei mil e uma lagrimas,
E agora, por ti,
Outras mil.

 

Só de olhar para ti e ver que estás a sofrer mata-me,
Dói demais.
A decisão é dificil,
Tu sabes que sim.

 

Se eu pudesse fazer,
Fosse o que fosse,
Para te ajudar,
Ajudando-me a mim,
Acredita que o faria.

 

Só te peço que me desculpes,
Não sou forte para te segurar
E impedir de partir.
Já não está mais nas minhas mãos,
O mal está feito.
Perdoa-me...

 

by Lucya

 

"Another colour turns to grey

And it 's just too hard to watch it all

Slowly fade away "


sintomo-nos:
música: Stay with me - Danity Kane
tags:

publicado por **** às 21:48
link do post | comentar | favorito
|

7 comentários:
De V.A.D. a 27 de Janeiro de 2008 às 04:08
Adiar o inadiável... É tentador fazê-lo mas, no final, vê-se que a inutilidade do gesto só traz dor e mágoa...
Espero que possas ter uma noite plena de serenidade e um domingo alegre e radioso!

Um beijo... :-)


De Lucya (do FlipSide) a 28 de Janeiro de 2008 às 18:44
Obrigada pela visita mais uma vez.
Concordo que será portador de mais dor, no entanto, diminui o sentimento de culpa e arrependimento. Mesmo que seja minimamente.
Quanto há noite serena, tem sido complicado.
Acabará por passar, cada coisa a seu tempo não é verdade?

Um beijo*


De Ana M. a 27 de Janeiro de 2008 às 11:56
Não és forte o suficiente para o fazer ficar, mas também não o és para o fazer partir.

Time is coming ... Time is a valuble thing

Não posso nem o quero substituir mas se quiseres posso te dar uma maço de lenços para te assoares =)

Acredita que quando passa sente-se um enorme alívio.

Beijo *


De Sophia (do Flip Side) a 27 de Janeiro de 2008 às 14:02
"Só te peço que me desculpes,
Não sou forte para te segurar
E impedir de partir."

Por vezes a revela-se mais força em deixar que a partida se realize do que impedindo-a. Ele desculpa-te, resta perdoares a ti mesma.

"it 's just too hard to watch it all " - ninguém pode mudar esta realidade, mas podes sempre contar com mais um maço de lenços...

Beijos


De Lazy Cat a 27 de Janeiro de 2008 às 22:04
Adiar o inadiável, é prolongar algo inutil. Não será?Beijo



De Lucya (do FlipSide) a 28 de Janeiro de 2008 às 18:41
Cara amiga, antes de mais agradeço a tua visita.
Não concordo que seja prolongar algo inútil , mas sim ganhar tempo, tentar aproveitar melhor cada instante. Em vão nunca será, também não será mais proveitoso que teria sido noutra altura.
Mas sinto que me ajudo, prolongando o julgamento.
Estou a ser egoísta , talvez. Mas preciso disto.

Abraço*


De Lazy Cat a 29 de Janeiro de 2008 às 13:24
Não há formulas mágicas, nem situações iguais, por mais que pareçam identicas.

mas um beijo sabe sempre bem....não sabe?

Beijo.


Comentar post

.mais sobre nós
.Tempus Fugit...
Fugit irreparabile tempus! Sophia
.Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.There's always something left to be said...
Sophia
.posts recentes

. Is it Still "The Beginnin...

. O tango Inacabado - IV

. O tango Inacabado - III

. O tango Inacabado - II

. O tango Inacabado - I

. in 6 words...

. Antiquitera (XIV) - Epílo...

. Antiquitera (XIII)

. Antiquitera (XII)

. Antiquitera (XI)

. Antiquitera (X)

. Antiquitera (IX)

. Antiquitera (VIII)

. Antiquitera (VII)

. Antiquitera (VI)

. Antiquitera (V)

. Antiquitera (IV)

. Antiquitera (III)

. Antiquitera (II)

. Livro Ilegível

.arquivos

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.count
atlanta listings
.pesquisar
 
.Faz-nos Pensar...
Citação: "Love all, trust a few." Autor: William Shakespeare Citação: Judge your success by what you had to give up in order to get it. Autor: H. Jackson Brown, Jr. Citação: Keep your friends close and your enemies closer. Autor: Attributed to Sun Tzu,
.links
.subscrever feeds