Quarta-feira, 23 de Abril de 2008
O tango Inacabado - I

    

“ Buenos Aires, cuando lejos me vi
sólo hallaba consuelo
en las notas de un tango dulzón
que lloraba el bandoneón.


(...) cuando lloró mi corazón
escuchando tu nostálgica canción. ”

   

  

  

      Num dos prostíbulos dos obscuros barrios do norte de Buenos Aires, sob uma luz amarelada, dança-se um já avançado tango.

   

      A um canto, um duo de violinos desafia-se, numa vibrante discussão entre as cordas de tripa. Ao centro, dois seres movem-se como um uno, numa ágil conversa entre corpos. Os primeiros, muito direitos, com a perna direita recuada e com o cintado instrumento sobre o ombro oposto, fazem oscilar o arco em movimentos febris, bailando também eles. Ao som das estridentes notas que se escapam das profundezas do corpo dos instrumentos pelos elaborados efes e dos timbres mais aveludados que acompanham o seu murmúrio, o sangue latino da parelha de dançarinos fervilha e alimenta a dança, os cheiros dos corpos misturam-se e confundem-se, as peles doiradas pelo mesmo sol argentino tocam-se e insinuam-se. As suas pernas movem-se com uma destreza incomparável, com uma agressividade latente e cadência bélica. Numa contrastante pausada intimidade, os seus troncos traçam no ar movimentos lentamente graciosos. Os dançarinos ora se aproximam ora se afastam, numa melodia entre a lenta melancolia e a ardente paixão. A música ora acalma ora acelera, num bailado entre o luto do lamento e a chama da conquista.
  

          (...)

                              by Sophia

 

música: La canción de Buenos Aires – Carlos Gardel
 (
http://www.youtube.com/watch?v=j4rpK5lCO0U&feature=related)



publicado por **** às 22:30
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De V.A.D. a 24 de Abril de 2008 às 02:17
A sensualidade arrebatada de um tango assemelha-se ao bailado dos corpos entretidos num revoltear por entre lençóis, ora numa "cadência bélica", ora numa "pausada intimidade"...

Fantástica, a melodia transcrita nas palavras, indescritível, a vontade de dançar um tango... :-)

Desejo-te uma magnífica noite, amiga!

Um beijo e um enormeeeeeee sorriso... :-)


De **** a 26 de Abril de 2008 às 11:06
"A sensualidade arrebatada de um tango assemelha-se ao bailado dos corpos entretidos num revoltear por entre lençóis..." - não sei onde, mas uma vez ouvi uma frase que me ficou na cabeça - "o tango é como fazer sexo na pista de dança, à vista de todos" - deveras parece haver algo de muito similar em ambos os jogos de sedução.

É uma das minhas danças favoritas... Embora nunca a tenha experimentado, foi só por falta de oportunidade. Por enquanto fico-me por ver e por tentar saciar esta incontrolável "vontade de dançar um tango" como um bailado de palavras que fico contente por achares melodioso...

beijos
e bons tangos...

Sophia


Comentar post

.mais sobre nós
.Tempus Fugit...
Fugit irreparabile tempus! Sophia
.Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.There's always something left to be said...
Sophia
.posts recentes

. Is it Still "The Beginnin...

. O tango Inacabado - IV

. O tango Inacabado - III

. O tango Inacabado - II

. O tango Inacabado - I

. in 6 words...

. Antiquitera (XIV) - Epílo...

. Antiquitera (XIII)

. Antiquitera (XII)

. Antiquitera (XI)

. Antiquitera (X)

. Antiquitera (IX)

. Antiquitera (VIII)

. Antiquitera (VII)

. Antiquitera (VI)

. Antiquitera (V)

. Antiquitera (IV)

. Antiquitera (III)

. Antiquitera (II)

. Livro Ilegível

.arquivos

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.count
atlanta listings
.pesquisar
 
.Faz-nos Pensar...
Citação: "Love all, trust a few." Autor: William Shakespeare Citação: Judge your success by what you had to give up in order to get it. Autor: H. Jackson Brown, Jr. Citação: Keep your friends close and your enemies closer. Autor: Attributed to Sun Tzu,
.links
.subscrever feeds