Sábado, 26 de Abril de 2008
O tango Inacabado - II

    

Querer
Dentro del corazón
Sin pudor, sin razon
Con el fuego de la pasion

  

Y volar ”

   

  

  

      (...)

 

      Tudo o resto perde o significado para as duas almas que se unem num íntimo e exclusivo jogo de sedução. Medem-se, desafiam-se, põe-se à prova. Tocam-se, acariciam-se, subjugam-se à música. Dilui-se a noção do tempo, o imaculado compasso dos segundos, num perfeito ritmo pulsante no ar. Esbate-se a sala que os envolve, as caras que os olham e os corpos que dançam por inércia, num rodopio de dois seres cujas tonalidades se baralham. Dissolve-se o fumo acre do tabaco dos homens ao balcão num extasiante perfume da música, numa fragrância que embebe os dançarinos. Atenua-se o tinir desequilibrado dos copos no tabuleiro do jovem empregado e o hispânico burburinho das velhas conversas emaranhadas, num sublime colóquio entre cordas e foles.
      O tango chega ao ansiado auge num agressivo ímpeto de força, treme o ar lascivo, movem-se os músicos voluptuosos, enleia-se o par lúbrico. Atinge-se o apogeu das notas, o êxtase dos passos, o cume das emoções. Culmina, sustem, estafa, amaina, cessa. Ainda pairam algumas livres vibrações das cordas do velho e desafinado piano de cauda, meros frutos do toque macio dos martelos comandados pelos dedos finos do pianista. Rarefeitas, sem qualquer outro afagar das teclas gastas, ecoam pela caixa de ressonância, pela sala de duvidosa acústica, pelos ouvintes ébrios de sons e, em segundos, o tango acaba.

  

          (...)

 

                              by Sophia

 

música:  Querer (tango de “Alegria” do Cirque Du Soleil)

 (http://youtube.com/watch?v=7bsalWK9_UY)

 



publicado por **** às 10:42
link do post | comentar | favorito
|

2 comentários:
De V.A.D. a 27 de Abril de 2008 às 00:19
Extasiante, a tua descrição de uma dança prenhe de sensualidade, arrebatadora e intensa como a música que lhe marca o ritmo, os passos firmes de agilidade enleando as pernas do par, a atmosfera enchendo-se de uma "fragrância que embebe os dançarinos"...
Um crescendo, um clímax que se delonga, o final inevitável... Até que um novo tango se inicie... :-)

Amiga, espero que o teu dia tenha sido muito, muito agradável, e que o teu domingo se revele magnífico!

Um beijo e um enormeeeeeeeeeee sorriso... :-)



De **** a 29 de Abril de 2008 às 23:49
"... uma dança prenhe de sensualidade, arrebatadora e intensa como a música que lhe marca o ritmo..." - sem dúvida... não escondo a predilecção por esta dança em geral - desde a sua história à cadência - e por este tango em particular...
"Um crescendo, um clímax que se delonga, o final inevitável..." - realmente o tango tem normalmente um final esplendoroso, dramático, exagerado, é o auge da dança e, no entanto, o momento menos aguardado... deixa a vontade sempre de se seguir um outro

Beijos
e espero que dances muitos "tangos" esta semana,

Sophia


Comentar post

.mais sobre nós
.Tempus Fugit...
Fugit irreparabile tempus! Sophia
.Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.There's always something left to be said...
Sophia
.posts recentes

. Is it Still "The Beginnin...

. O tango Inacabado - IV

. O tango Inacabado - III

. O tango Inacabado - II

. O tango Inacabado - I

. in 6 words...

. Antiquitera (XIV) - Epílo...

. Antiquitera (XIII)

. Antiquitera (XII)

. Antiquitera (XI)

. Antiquitera (X)

. Antiquitera (IX)

. Antiquitera (VIII)

. Antiquitera (VII)

. Antiquitera (VI)

. Antiquitera (V)

. Antiquitera (IV)

. Antiquitera (III)

. Antiquitera (II)

. Livro Ilegível

.arquivos

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.count
atlanta listings
.pesquisar
 
.Faz-nos Pensar...
Citação: "Love all, trust a few." Autor: William Shakespeare Citação: Judge your success by what you had to give up in order to get it. Autor: H. Jackson Brown, Jr. Citação: Keep your friends close and your enemies closer. Autor: Attributed to Sun Tzu,
.links
.subscrever feeds