Sexta-feira, 7 de Setembro de 2007
Momento

Talvez seja o vento que não é suficiente para a trazer ou talvez a intensidade desta não baste para percorrer o caminho até à varanda do prédio, mas o que é certo é a sua falta. A falta do seu crepitar na pele e do seu cheiro a sal provocam na paisagem uma relativa perda de sentido. As estrelas, envergonhadas, escondem-se atrás dos mantos brancos de veludo que teimam com a lua. Ao longe ouve-se a euforia dos ingleses sabe lá Deus porquê! De quando em quando o latido de um cão ou de um carro que passa, mas mais barulho fazem as teclas do computador enquanto escrevo apressada como se não houvesse amanhã.

Não imaginam o prazer destes simples momentos. O prazer de esperar o vibrar do telemóvel avisando que nos chega a mensagem que tanto queremos; o prazer de ouvir pouco mais do que um latido ou outro na imensidão do espaço; o prazer de nada ouvir; o prazer de nada ver; o derradeiro prazer de ficar sentada sabendo que nada se espera tudo se alcança e que, pelo menos, essa noite é só nossa.

Quando de manhã percorri com os olhos o jornal semanal inglês distribuído no Algarve para além das “gordas”, ou seja dos principais cabeçalhos,  dei especial atenção a uma secção do mesmo onde eram expostas algumas pequenas citações consideradas sábias ou quiçá somente interessantes. Passo a transcrever a que me pareceu menos sábio e por isso mais certa: “É impossível não acabar sendo como os outros julgam que somos.”

 

Esta meia dúzia de palavras dá-nos água pela barba... Uma noite inteira e três páginas não seriam suficientes para a descortinar. É por isso que arrumo a bagagem, desligo a luz e preparo-me para ir dormir o mais profundo dos sonos sem o incómodo dos filósofos ou outra espécie rara, sonhando apenas em ser menina.

 

ßy  Aηα M.


sintomo-nos: Momentâneas

publicado por **** às 23:24
link do post | comentar | favorito

.mais sobre nós
.Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


.posts recentes

. Is it Still "The Beginnin...

. O tango Inacabado - IV

. O tango Inacabado - III

. O tango Inacabado - II

. O tango Inacabado - I

. in 6 words...

. Antiquitera (XIV) - Epílo...

. Antiquitera (XIII)

. Antiquitera (XII)

. Antiquitera (XI)

. Antiquitera (X)

. Antiquitera (IX)

. Antiquitera (VIII)

. Antiquitera (VII)

. Antiquitera (VI)

. Antiquitera (V)

. Antiquitera (IV)

. Antiquitera (III)

. Antiquitera (II)

. Livro Ilegível

.arquivos

. Julho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

.pesquisar
 
.Faz-nos Pensar...
Citação: "Love all, trust a few." Autor: William Shakespeare Citação: Judge your success by what you had to give up in order to get it. Autor: H. Jackson Brown, Jr. Citação: Keep your friends close and your enemies closer. Autor: Attributed to Sun Tzu,
.links
.subscrever feeds